Home / Dicas / Seguro Viagem Para Gestantes

Seguro Viagem Para Gestantes

O seguro viagem gestantes é um meio de proteção para o turista durante a sua viagem. Ele vem sendo muito utilizado nos dias de hoje, pois a preocupação das pessoas com os imprevistos que possam ocorrer durante a viagem e trazer sérios riscos, aumentou ao longo dos anos.

Ele pode ser fornecido por uma companhia de transporte ou agência de turismo da sua escolha, e elas organizam e planejam a sua viagem de uma maneira segura para que nada de ruim aconteça.

Suas coberturas se estendem conforme o pacote adquirido pelo cliente, com atendimentos diversificados e inclusões de atendimento médico e hospitalar, ou soluções para extravio ou perda de bagagens.

Seguro-viagem cobre parto?

Quando uma mulher está grávida e decide viajar os cuidados ligados ao seguro de viagem são ainda maiores, tornando-se um serviço praticamente obrigatório para auxiliar possíveis problemas durante a viagem.

Na hora de escolher a sua seguradora de viagem, a gestante deve conferir a semana gestacional em que ela se encontra, já que os pacotes fornecidos só vão até a 32a semana gestacional. Aliás, os médicos não recomendam viajar após esse período.

Os pacotes do seguro viagem gestantes, geralmente integram atendimentos de urgência e emergência, além de atendimento ao parto relacionado tanto a termo quanto prematuro.

Sendo assim, conforme a pergunta de que realmente o seguro viagem gestantes, a resposta de maneira genérica de baseia no sim, porém é válido analisar bem as cláusulas da seguradora e as suas coberturas fornecidas durante o pré e pós-parto.

Escolha o melhor seguro para você.  Seguro viagem gestantes

Primeiramente você deve contratar um  seguro viagem gestantes que ofereça uma boa cobertura para parto, por isso é necessário ver cada detalhe das cláusulas do contrato. Até por que a gestante poderá viajar na reta final da gestação, embora muitas só viajam no início ou na metade desse período.

Além disso, há outros problemas que a gestante pode enfrentar durante o parto, tais deles como: dor de dente, gripe, fraturas, sofrer acidentes, entre outros incidentes que são normais acontecerem em uma viajem.

Parto prematuro

Sobre o parto prematuro, é válido ressaltar que se trata de um serviço adicional, ou seja, a gestante deve pagar uma taxa a mais para obter essa cobertura nas seguradoras em geral.

Tudo depende das regras sobre a cobertura com base na seguradora escolhida. Há empresas que fornecem atendimento especial para a gestante até a 32a semana gestacional, e suas complicações. Elas incluem partos prematuros e até abortos espontâneos.

É válido ressaltar que essa é uma regra ativa, onde a seguradora deve acatar o seguro antes da viagem e também, deve ser avisada dentro do prazo combinado no contrato.

Dessa forma, é fundamental que a gestante leia cada cláusula do contrato e inclua a cobertura que achar necessária.

Verifique também o valor máximo para cobertura com gastos médicos, hospitais, repatriação sanitária, odontológicos, jurídicos e outros.

 

 seguro viagem gestantes

Não é coberto no seguro viagem gestantes:

Essas exclusões podem variar de acordo com a seguradora escolhida, mas destacam-se:

  • Abortos provocados;
  • Consultas de curso normal (pré-natal);
  • Despesas médicas com o recém-nascido, incluindo cuidados neonatais.

Há um limite máximo de idade para adquirir essa cobertura, variando em torno dos 40 anos.

Dessa forma, antes de você viajar e aproveitar seu passeio, escolha um  seguro viagem gestantes que cubra todas as necessidades que uma gestante necessita, até mesmo o pré e pós-parto. Além disso, incluir outros possíveis imprevistos é essencial para que a grávida tenha uma viagem tranquila e segura.

Sobre um

Veja Também

Coberturas do Seguro Viagem

O seguro viagem é um dos documentos que os países do Tratado de Schengen exigem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *